Terça-feira, 2 de Junho de 2009

Festinha "1 de junho"

 

O dia 1 de junho é desde 1950, internacionalmente comemorado como o dia da criança. Logo o "Projecto Brinkoteka: Ludoteca hospitalar da pediatria do HAN", não poderia deixar esse dia passar despercebido. Com o objectivo de proporcionar momentos de alegria as crianças hospitalizadas realizamos uma festinha com a brilhante animação do palhaço XCLUMBUMBA.

 

 

 

Foram 3 horas de muita animação, cor e fantasia. O brilho no olhar e a alegria estampada no rosto daquelas crianças são provas vivas da viabilidade deste projecto. O valor terapêutico do lúdico é incomensurável e indiscutível. Esse projecto é acima de tudo uma tentativa Freelancer de humanização do serviços hospitalares, que utiliza o lúdico como recurso terapêutico, objectivando oferecer matérias de entretenimento e pedagógicos as crianças internadas no hospital. 

 

 

 

 

 

Aproveitamos para agradecer a todos aqueles que tornaram essa festinha possível. Este projecto é de todos. Pois, todos corremos o risco de algum dia ter nossos filhos hospitalizados. E caso isso aconteça, (deus não o permita) desejamos que os impactos negativos sejam o mínimo possível.  
 
publicado por brinkoteka às 19:11
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Os primeiros donativos

Das mãos da Srª Carla Almeida, recebemos os primeiros donativos. Obrigado pela sua magnifica colaboração.

publicado por brinkoteka às 18:57
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 29 de Maio de 2009

Projecto Brinkoteka: Ludoteca hospitalar da Pediatria do HAN

 

Enquadramento
 O projecto que ora se apresenta enquadra-se no âmbito do estágio de fim de curso de Edson Paulo Santos Silva. Licenciatura em Psicologia da Educação e Desenvolvimento, ministrada pela Universidade Jean Piaget de Cabo Verde
A Hospitalização pode trazer consequências nefastas para o desenvolvimento da criança. Pois, provoca uma enorme ruptura na sua vida quotidiana afastando-a do seu ambiente familiar e “promovendo um confronto com a dor, a limitação física e a passividade, emergindo sentimentos de culpa, punição e medo da morte”. Partilhamos da posição de muitos autores que afirmam que a criança hospitalizada encontra-se duplamente doente, na medida em que, para alem da doença que provocou a sua hospitalização ela sofre com outra: a própria hospitalização. Sendo assim, é nesse contexto de dor, sofrimento e ansiedade que se pretende pensar o lúdico enquanto instrumento capaz de amenizar os efeitos traumáticos da hospitalização. Acreditamos no valor terapêutico do lúdico, portanto, o brincar, é aqui entendido como uma tentativa de transformar o ambiente dos hospitais, proporcionando melhores condições psicológicas para as crianças. O brincar, reduz o nível da ansiedade, fazendo com que ela aceite, de forma positiva, o tratamento. É baseado neste pilar chamado humanização dos serviços hospitalares que propomos criar uma ludoteca na pediatria do hospital Agostinho Neto. O projecto divide-se em duas partes, numa primeira fase temos a recuperação da estrutura física, envolvendo aspectos como a pintura, decoração etc. E numa segunda fase o projecto contempla a estruturação do dia-a-dia da ludoteca. Acompanhamento das crianças, ludoterapia, etc. 
 
Justificativa
Consideramos que o projecto é relevante e pertinente, pois trata-se de uma iniciativa piloto. Vem colmatar as lacunas em termos de investigação e intervenção nessa área. Essa Intervenção é indubitavelmente motivada por questões pessoais, pois a hospitalização abala, não somente a criança, mas também a própria família que compadece de forma intensa concomitantemente com a criança. Abstraindo de motivações egoístas, essa investigação é também movida por um sentimento altruísta, pela necessidade de humanização dos serviços hospitalares. Infelizmente, quando uma criança é internada, deixa de ser uma criança para ser um leito, ou quando muito um “caso”. Pensamos que todos beneficiaremos do impacto da criação de uma ludoteca, na medida em que, os benefícios transcendem o mero tratamento da criança, passando também, pela diminuição do sofrimento psíquico das famílias e chega ao funcionamento humanizado do próprio hospital.
Na pediatria do hospital existe uma estrutura onde funciona um espaço para as crianças brincarem. Entretanto deve-se deixar aqui claro que o espaço encontra-se profundamente degradado. Espera-se com esse projecto recuperá-lo e reestruturá-lo a luz de um ludoteca.
 
 Objectivos
 
  • Criar uma ludoteca no hospital Agostinho Neto para estimular a recuperação da criança hospitalizada;
  • Realizar actividades lúdicas com as crianças internadas no hospital Agostinho Neto, para proverem a sua recuperação;
  • Sensibilizar os profissionais da saúde, sobre a importância do brincar em contexto hospitalar
  • Construir uma pequena biblioteca infantil com o intuito de estimular o hábito da leitura.
 
Grupo alvo
 
· Crianças internadas na pediatria do hospital Agostinho Neto.
 
 
 
 
 


 

 

publicado por brinkoteka às 16:53
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.posts recentes

. Festinha "1 de junho"

. Os primeiros donativos

. Projecto Brinkoteka: Ludo...

.arquivos

. Junho 2009

. Maio 2009

blogs SAPO

.subscrever feeds